Pesquisar neste blog

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Acenda-se e Ascenda

Publicado no Diário Popular do Dia do Trabalhador

Salas de espera de consultórios médicos geralmente são monótonas. Revistas Contigo ou Caras desgastadas, cheias de orelhas, ou revistas médicas, novíssimas, são as distrações. Com sorte, uma TV sintonizada no Discovery. Observar a sala em seus detalhes também ajuda a movimentar os ponteiros do relógio enquanto esperamos nossa vez de sermos atendidos. A secretária mascando chiclete, lixando unhas, fazendo palavras-cruzadas e atendendo o telefone, tudo ao mesmo tempo. Na parede, um ou dois quadros de uma imagem qualquer de litoral com jangadas. Uma folhagem no canto da sala divide espaço com algumas velas ornamentais. 

Google Imagens

Sinto tristeza por elas, as velas ornamentais. De todos os tipos, formas e cores, às vezes, atravessam anos sendo o que não deveriam ser ou, por outra, não sendo o que deveriam ser: velas. Na minha sala mesmo, em casa, tem uma esférica, lilás, perfumada, linda. Porém, apagada! Resignou-se dentro da redoma de vidro que a protege. 

Vela tem um propósito de ser, um objetivo: o de iluminar, brilhar.  Às vezes me sinto assim, meio vela de enfeite. Sei que posso ser mais do que sou, preciso apenas achar a chama, a faísca que dará todo sentido à existência. Desconfio que com muita gente seja assim. Alguém poderá argumentar que depois de acesa, a vela se consome e morre. Pois a desagradável notícia é que a gente também. Por isso, meu conselho é: acenda-se e cumpra seu papel. Sabemos que não é trabalho fácil, porém, não estamos nesse mundo para adereço. Até as mais belas florestas, as mais lindas cascatas, os mais imponentes desertos têm sua função na natureza. Próximo! Chegou minha vez, o médico me chama. Dou uma última olhada para as velas coloridas da sala de espera e anoto mentalmente: quando chegar em casa vou tocar fogo naquela vela lilás.

Falando em velas, num longínquo 1º de maio, no ano de 1776 (era do Iluminismo) foi fundada a sociedade secreta Illuminati da Baviera, que muitos teóricos juram existir ainda nos dias de hoje e que, entranhada nos mais sórdidos porões do submundo moderno, conspiram, sorrateiramente, para estabelecer a Nova Ordem Mundial.


Google Imagens

de maio é também o Dia do Trabalhador. E neste ano a classe que mais motivos tem para comemora é a das empregadas domésticas, que tiveram seus direitos trabalhistas igualados aos de outras categorias profissionais. Alguns empregadores domésticos reclamam de conspiração contra as famílias de classe média, mas os Illuminati, se é que ainda existem, nada têm a ver com isso. 

E é impossível não lembrar, nesta quarta-feira, de Ayrton Senna, um dos maiores pilotos do automobilismo mundial. Há 19 anos, a chama que iluminou as manhãs de domingo de milhões de brasileiros se extinguia em uma curva do autódromo de Ímola, na Itália.

Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário