Pesquisar neste blog

sábado, 29 de junho de 2013

2º Manifesto Popular Contra a Insegurança

"
Você diz que você quer uma revolução

Bem, você sabe..

Todos nós queremos mudar o mundo


Você me diz que isso é uma evolução

Bem, você sabe

Todos nós queremos mudar o mundo


Mas quando você fala em destruição,

Você já sabe que não pode contar comigo 
                                                                       "

                             Trecho de Revolution, dos Beatles

Não foram dois mil manifestantes, tampouco foram mil e quinhentos. Mas isso não tem a menor importância quando cerca de quinhentas vozes se une e se multiplica em luta pacífica por seus ideais, clamando por melhorias nas áreas da saúde, educação e, principalmente, segurança públicas.

O 2º Manifesto Popular Contra Insegurança é uma resposta aos atos de violência ocorridos nos últimos anos em Pedro Osório. Furtos, roubos e assassinatos estão ameaçando a paz e tranquilidade dos moradores e comerciantes desta cidade que vê seus dias de “cidade do interior” cada vez mais distantes. Portas trancadas, cadeados e sistema de alarmes começam a fazer parte do cotidiano da população que até bem pouco tempo podia fazer caminhadas tranquilas à noite ou, no verão, ficar até a madrugada sentada na frente de casa conversando, tomando chimarrão com os vizinhos enquanto suas crianças se divertiam distraídas na calçada.

Num momento em que o país todo sai às ruas pedindo o fim da impunidade, o fim da corrupção, exigindo melhorias nos serviços públicos, uma parcela da população de Pedro Osório e de Cerrito não se acomodou e fez sua parte. Os grupos se reuniram em frente às prefeituras das duas cidades e se encontraram na ponte que une os dois municípios. Depois de alguns minutos partiram juntos para a Delegacia de Polícia de Pedro Osório, onde cantaram o Hino do Rio Grande do Sul. Durante todo o protesto, a Brigada Militar fez a segurança dos manifestantes e também de quem apenas estava assistindo o ato.

Sei que valeu. Poderia ter tido mais gente? Poderia. Senti falta de algumas pessoas, de representantes de determinados segmentos, mas mesmo assim valeu. Pedro Osório e Cerrito estão de parabéns por mais esta demonstração de civilidade, força e união.     

Abaixo, algumas fotos do protesto idealizado e organizado por Pablo Halfen Fernandes, com importantíssimo trabalho de Diogo Gil, Rodrigo Netto da Silva (pedroosorio.net), Lizandro Martins, Pablo Torres, perfil Pedro Osório, Anderson Weber Pereira, Marco Aurélio Torres, imprensa local e outros tantos apoiadores. Mais informações em breve na Radio Portal Sul Fm, site pedroosorio.net e na imprensa regional.

 Jornalista Iram Lima fazendo a cobertura para a Rádio Portal Sul FM
 população exige a conclusão de processos
 cidadania e civilidade
 polícia militar fez a segurança desde o começo da manifestação



 cartazes também deram o recado

 PAZ
 manifesto de todas as idades
 vários casos sem solução foram lembrados por manifestantes






 manifestantes se reuniram em frente a prefeitura de Pedro Osório
 não há limite de idade para lutar por dias melhores
 protesto também é evento familiar
 em minutos o grupo se multiplicou e tomou conta da Presidente Vargas






 o encontro dos manifestantes de PO e Cerrito aconteceu sobre a ponte do Rio Piratini





 ponte ficou tomada pelos manifestantes

 cartazes pediam por saúde, educação e segurança






 começo da caminhada rumo à Delegacia de Polícia


 cerca de 500 pessoas participaram do ato popular
 estudantes também lutam por seus direitos
 Rua Alan Kardek, outrora passarela do samba, virou passarela de manifestantes pacíficos

 500 vozes, um só grito
foto: Rodrigo Netto da Silva
 mais achado do que cusco em procissão
 contra o abandono de animais

 manifestantes sentaram no asfalto em frente à delegacia

 Lizandro Martins, que veio de Rio Grande especialmente para a manifestação, 
puxou o Hino Riograndense
 Lizandro e Pablo Fernandes, um dos organizadores do evento

 Polícia Militar deu apoio nota 10 ao ato popular

Para relembrar:
1º Manifesto Contra a Insegurança Pública
em 26 de junho de 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário